Sejam bem vindos

Transcrevo um pensamento que reflete o meu viver pleno e sereno !"Estou naquele momento em que, no outono, no crepúsculo, as árvores vão perdendo um pouco das suas flores,das suas folhas,mas adormecem muito tranqüilamente,certas de que já cumpriram toda a sua finalidade.Já hospedaram pássaros que nelas fizeram seus ninhos,já floriram e já enfeitaram as paisagens,já deram frutos e,portanto,alimentaram apetites.Enfim, cumpriram dignamente essa missão.As suas raízes estão fundadas.Elas pertencem a essa paisagem e não precisam necessariamente retornar à atividade do passado para se sentirem certas de que um dia na vida puderam e souberam cumprir a sua missão.'(Blota Junior)



sábado, 20 de março de 2010

A ÁGUA DO PARAÍSO


Havia um beduíno que ia de um lugar para outro do deserto, vivendo de tâmaras, animais e águas salobras. Um dia descobriu um novo manancial no areal e, conquanto fosse desagradavelmente salgada a outras pessoas, pareceu-lhe ser a própria água do paraíso, comparada com as que conhecia.
- Vou levar a quem possa apreciar!
Rumou, pressuroso, ao palácio de Harun el-Raschid, levando um odre para ele beber e outro para o Califa. Admitido em audiência, falou:
- Ó Comendador dos Crentes. Conheço todas as águas do deserto e acabo de descobrir esta água do Paraíso, digna de vossos lábios!
Harun provou da água, agradeceu, mandou que lhe dessem mil moedas de ouro e recomendou que o levassem imediatamente de volta ao deserto, sem que pudesse provar da água do palácio. E acrescentou ao beduíno:
- Sêja o guardião da “água do paraíso” e distribui-a gratuitamente a todos, em meu nome!
A água é a verdade
Todos os níveis de verdade são úteis, como numa escola, para atender às necessidades dos diferentes graus das pessoas. É impiedade desviar alguém de sua fé ou ridicularizar a limitada verdade que pode alcançar.
.....................................
A maioria das doutrinas tem a pretensão de ser a única expressão da verdade, porém, somente será útil, aquela que produzir mais homens de bem e menos hipócritas, quer dizer, que pratiquem a lei de amor e caridade na sua maior pureza e na sua aplicação mais ampla. Esse é o sinal para reconhecer que uma doutrina é boa, pois toda doutrina que tiver por conseqüência semear a desunião e estabelecer divisões entre os filhos de Deus só pode ser falsa e perniciosa.
Allan Kardec

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentario assim que puder eu responderei